RH EM PAUTA

11 de novembro de 2017

Geração Y – Recrutamento e a influência das mídias sociais

Thaís Leite Lemos
Psicóloga, Pós-graduada em gestão de Pessoas, Especialista em Recrutamento.

Geração Y é um conceito sociológico que se refere, segundo alguns autores como Don Tapscott, a todos os jovens nascidos após os anos 80 até meados dos anos 90. Esta geração desenvolveu-se em um período de grandes avanços tecnológicos, prosperidade econômica, e, sobretudo, em um ambiente altamente urbanizado. Foi a primeira geração verdadeiramente nascida neste meio.
Frente a toda facilidade de acesso à informação e agilidade em obter resultados, esses jovens manifestam um comportamento extremamente ansioso pelo novo, pelos desafios e até mesmo pelo descarte de atividades a curto prazo. Se considerarmos que 50% da população mundial possui menos de 30 anos podemos visualizar o quão significativo torna-se esse impacto no mercado de trabalho. Hoje as empresas não possuem o poder de retenção através de benefícios ou até mesmo estabilidade. Os benefícios estão em toda concorrência e não são mais considerados um diferencial. A estabilidade não é um atrativo conforme mostram os estudos que apontam que 90% da Geração Y considera como item mais importante o propósito da empresa ao avaliar uma proposta de emprego. A consequência nas organizações vem, inevitavelmente, através do aumento da taxa de Turnover.
Como alternativa para mitigar esse impacto ressalto o recrutamento através das mídias sociais.
Sendo assim, que tal utilizarmos a tecnologia a nosso favor?
A instauração do domínio da virtualidade como sistema de interação social midiática interferiu no nível das relações profissionais, afinal mais pessoas possuem um dispositivo móvel do que uma escova de dentes e cada vez mais esses dispositivos interferem nas tomadas de decisões. 90% da geração Y confia em recomendações de colegas através de redes sociais.
Entende-se que as empresas precisam estar presentes nas mídias, os profissionais da sua empresa precisam estar engajados no seu projeto, eles naturalmente compartilharão essa satisfação em suas redes sociais. Estimular a divulgação de projetos internos em mídias sociais através dos colaboradores é uma excelente forma de atrair novos talentos para o seu segmento em curto prazo. Um time de recrutamento engajado tecnologicamente, refletirá diretamente na estratégia de mitigação do efeito Turnover, logo, buscar e manter um relacionamento com os candidatos através de mídias sociais, independente de oportunidades em aberto na sua empresa, certamente reduzirá seu prazo de contratação x qualidade do candidato – Recrutar sempre para contratar quando necessário.
Esse cenário nos leva a concluir que a solução do impacto da Geração Y nas empresas está no futuro do recrutamento – Investir em um time de recrutamento estratégico com foco inovador pode ser o diferencial da sua organização e o condutor para o sucesso com as gerações modernas.