RH em Pauta

6 de maio de 2019

Pesquisa: inteligência emocional é principal déficit apontado por millennials

Habilidades ligadas à inteligência emocional (sobretudo a comunicação, pensamento crítico, criatividade e gestão do tempo) são as aptidões que mais fazem falta na vida profissional dos millennials. O dado é resultado de um estudo recém realizado pela Udemy, empresa de edução online, com mais de mil participantes, jovens profissionais de 21 a 35 anos.

De acordo com quase dois terços deles, o que mais falta não são conhecimentos técnicos e sim aqueles ligados a ações comportamentais. Para um quarto dos jovens entrevistados, a falta de habilidades de liderança também é um problema. Outro dado interessante refere-se à importância de adquirir novas habilidades para prosperar na carreira: 94% dos participantes afirmaram que para progredir, tiveram que desenvolver novas habilidades. Confira abaixo mais detalhes:

O que vocês gostariam de ter aprendido melhor?

Criatividade e pensamento crítico – 12,4%

Gestão do tempo – 11,5%

Relacionamento – 14,4%

Liderança – 26%

Técnicas – 35,5%

Quais habilidade são mais difíceis de aprender?

Liderança – 35,3%

Criatividade e pensamento crítico – 24%

Gestão do tempo – 8,2%

Técnicas – 32,5%

Fonte: com informações da Udemy e Época Negócios